Rodas de Skate DUM-DUM da Anarquia estão de volta! E com novidades!

As rodinhas Old School DUN-DUM 97A, voltam com edição limitada e a sua cria DUM-DUM II chega chegando!

As Rodas de Skate DUM-DUM da Anarquia é uma clássica entre as rodinhas que foram produzidas no Brasil nos áureos tempos do surgimento do street nacional. Quem, naquela época, não sonhou em ter uma, pois naquele tempo, a dureza também era uma constante.

Mas dureza mesmo veio com as DUM-DUM 97A, a rodinha com maior resiliência do mercado. Era uma rodinha “pedra”, mas que deixava o skate no pé!

RODAS DUM-DUM 67 da Anarquia!

“As clássicas rodas DUM-DUM 67 foram produzidas ao final dos anos 80, em uma época marcada pela economia com índices inflacionários altíssimos, assim como a política brasileira conturbada – Diretas Já, final da Ditadura Militar, Plano Collor, Impeachment etc.).

Rodas para Skate DUM-DUM 67 Old School

Mesmo diante desse cenário complicado a Anarquia anunciou o lançamento das Rodas DUM-DUM 67, sendo considerado um marco para o skate nacional.

Esse foi o resultado de uma pesquisa realizada por 3 anos tendo a palavra “RESILIÊNCIA” como conceito-chave, pois quanto maior a resiliência da roda, menor será a energia absorvida pela mesma em relação à superfície que entra em contato.”

Relançamento da DUM-DUM 97A

Rodas DUM-DUM 97 A

“Anos mais tarde a marca fez um relançamento das rodas DUM-DUM 97A, com várias cores e novo silk assinado pelo renomado e ilustre Billy Argel… foi um sucesso, sendo lembrados até hoje.

Planejamos o relançamento das rodas DUM-DUM desde 2015, entre idas e vindas, estudos, novas pesquisas, e enfim conseguimos encontrar ótimos parceiros para essa nova fase da Anarquia.

Juntamos a tecnologia das rodas, a expertise da Anarquia e a colaboração do renomado designer Eduardo Fujihara¹.

Ande e entenda

O lema “ande e entenda” vem de encontro a esse relançamento histórico das DUM-DUM 97A, para relembrar as boas músicas, os bons encontros com os amigos e claro, as boas sessions de skate!

Por ser uma EDIÇÃO LIMITADA, as rodas foram produzidas numa quantidade limitada e com numerada com selo holográfico 3D contra violação/garantia na tampa de um tubo plástico transparente. Além disso, a roda possui desenhos em ambos os lados, acompanha um adesivo exclusivo “silkado” da marca como dos anos 80’s e um selo de Código de QR².”

Especificações técnicas das rodas DUM-DUM 97A:

Tamanho: 60mm ou 62mm Dureza: 97 A Largura: 33 mm (60″) ou 40mm (62″). Estampa clássica dos anos 80´s

Conteúdo da embalagem: – 04 rodas; – 01 adesivo silkado exclusivo; – 01 selo papel-moeda com QR Code¹; – 01 selo holográfico 3D anti-violação da embalagem.

Mas a Anarquia não voltou para ficar no conservadorismo!

“E lança as DUM-DUM II, que vai ser um novo marco para o skate, valorizando as marcas nacionais com sua qualidade e o total comprometimento com o skatista.

Rodas DUM-DUM ll

O design das DUM-DUM II foi desenvolvido mesclando o DNA da Anarquia! Com o estilo atual, onde foi dado destaque à mascote em formato de bala, dando a ideia de força, velocidade e garra. As rodas DUM-DUM II foram desenvolvidas e testadas por profissionais que buscam o que há de melhor em material e tecnologia, sendo totalmente brasileiras e com design exclusivo, marcando essa nova era do skate nacional.

Agora a conexão entre as relançadas rodas

A OldSchool DUM-DUM 97A possui sua mais nova e sucessora roda, DUM-DUM II para garantir muitos momentos que somente quem anda, entende! #andeeentenda #anarquiaoficial #linhaanarquica”

Especificações técnicas das rodas DUM-DUM II:

Tamanho: 55mm ou 58mm Dureza: 100 A Largura: 33 mm. Estampa exclusiva da nova geração DUM-DUM II by Edu Fujihara²

Conteúdo da embalagem: – 04 rodas; – 01 adesivo silkados exclusivos; – 01 selo de papel-moeda com QR Code¹.

Linha de Rodinhas DUM-DUM da Anarquia!

 

Anarquia de Mauro Bioni e o Skate Nacional

E nos do Grito da Rua não podíamos passar sem contar um pouco desta história, pois este menino, que surgiu no skate, com aquela paz de espírito, recatado e inspirador, veio logo com uma marca chamada Anarquia, criando um grande contraste no mercado. Começou fazendo uns Grabbers, nose-guard e uns protetores de eixo(Pad_Trucks). Mas com sua visão descobriu e fez um campeão, o Wilson Rosa Neguinho!

Mauro Bioni, o anarquista, entendeu bem o esprito do skate e com isto, ele veio para dar aos skatistas o que eles queriam: as Rodinhas DUM-DUM! Um marco no mercado do skate nacional! E o skate agradece, pois assim, finalmente, o mercado começou a ter produtos de alta qualidade! Maurinho foi um revolucionário! Kadê Tu Tatu! Por Badeco Dardenne.

Inscreva-se no Grito News!
E fique sabendo das Novas do Skateboard!
  • 20% off nos Produtos GdR!
  • Baixe DVD do Grito!
  • Fortifique o Grito!

O que diz o novo proprietário da Anarquia Edu Tchintcha!

Assumimos um grande legado e responsabilidade que nos foi concedida pelo visionário Mauro Bioni numa conversa acontecida ao final de 2014 com Mauricio Cebola e Edu Tchintcha com a proposta de levarmos a marca a diante, com a alma do skate e a essência desse estilo de vida!

Ao final de 2016 fomos abençoados novamente pelo reconhecimento de como estávamos conduzindo a marca pelo próprio fundador, o que nos motivou muito a seguir, pois estamos nos caminho certo!

Sobre Wilson Rosa Neguinho

No início de nossa jornada o Wilson Rosa Neguinho, um ícone do skate nacional e da Anarquia, teve sua participação para representar a marca, mas infelizmente a parceria não foi a diante.

Desenvolvendo novos conceitos

De acessórios para o skate como o rail-slider ou grabbers como é mais conhecido aqui no Brasil com encaixes que poderiam combinar diversas cores.

A evolução continua até hoje com novos grabbers e silks, sempre considerando a experiência do skatista como primordial. Lixas de Setas, Morcegos e do logo Anarquia com cortes precisos para destacar e usar a criatividade do jeito que desejar.

Sobre o Billy Argel

Quando decidimos relançar as lendárias rodas DUM-DUM, a primeira preocupação foi o desenho e, falando do desenho, falamos da lenda das grandes produções de grandes marcas dos anos 80 e 90, algumas muito bem até hoje!

Não iríamos relançar sem antes termos um alinhamento e consentimento sobre o desenho com seu criador. Tendo esse consentimento e a tecnologia para a produção das rodas definidas, tínhamos que escolher um designer conceituado para recriar as old school, uma vez que o Billy já não poderia.

Apoiando Ataliba Tio Liba

(1) Eduardo Y. Fujihara. nasceu em 1962, mudou-se para Bauru em 1977 quando começou a andar de skate com um Bandeirantes. Andou até o final dos anos 80. Formado em Design Gráfico pela UNESP em 1996, voltou para a capital paulista, onde trabalha até hoje na área de Design. Em 1999 voltou a andar de skate, porém optou pelo longboard e, desde então, não parou mais. Anda em pistas e faz slalom, conquistando três títulos brasileiros (2014, 2015 e 2018) e um paulista (2018). Para ele, além do prazer de andar, o melhor do skate são as grandes amizades que fazemos. Devido aos amigos skatistas, acabou fazendo diversos trabalhos relacionados ao skate. Mas considerou o projeto das rodas DUM-DUM 97A e Dum-Dum II da Anarquia! um dos maiores e mais importantes desafios do trabalho. Acompanhem as produções no Instagram: @fujihara.dg

(2) QR Code: basta apontar aa câmera do celular para a imagem e uma página exclusiva será aberta para você. Alguns aplicativos de leitura de QR Code podem ser necessários em determinados tipos de aparelhos celulares.

Hashtags: #rodasdumdum #dumdum #andeeentenda #anarquiaoficial #llinhaanarquica #anarquiadumdum #rodasdum-dum #dumdum97a #dumdumII #rodasdumdumII @anarquiaoficial @linhaanarquica

Onde comprar: www.anarquiaoficial.com.br

Bom, Galera! É isto ai! Agora é só correr pro abraço!

Mas… Veja mais programas do Grito da Rua aqui!

Share
Ok?

Most Shared Posts

This website uses cookies.

Read More