Skate Motorizado Lacroix Electric | Um Review | Será isto skateboarding?

Skate Motorizado Lacroix tem mais a ver com locomoção urbana ou com o nosso skateboarding? Preciso de sua opinião! Isto é skateboarding?

Skate Motorizado Lacroix! Isto tem mais a ver com locomoção urbana ou com o nosso skateboarding?

Não tinha como sanar a nossa curiosidade de saber se este veículo serve, ou tem a ver, com o nosso skateboarding diário, será que o Skate Motorizado Lacroix dá para dar um Ollie? Varar uma Jump Ramp? Fazer um Downhill Slide? Está mais do que evidente que isto é impossível, mas não podemos desprezar a capacidade humana de se adaptar, o Boarder Cross está ai para provar isto!

Pelo que vimos o Skate Motorizado Lacroix possui algumas boas características(vejam todas abaixo) para passear sobre quatro rodas. Mas o principal foco aqui é discutirmos a respeito destas invenções, que de tempos em tempos, aparecem associados ao termo skate, idéias não faltam. Alias, vocês podiam nos ajudar nesta dúvida; este veículo pode ser chamado de skate? Será que podemos enquadrar-lo como uma modalidade de skate?

Primeiro eu vejo este lindo skate motorizado e depois eu vejo a manchete na Globo:

“São Paulo tem engarrafamento de Patinetes“!

Opa! Não poderíamos ficar fora desta discursão. Afinal, quer dizer que Patinete e Skate Motorizado viraram mobilidade? E o movimento “Skate: Este Carrinho Não Polui“. Não existe?

Porque a campanha do carrinho que não polui não foi abraçada pela Globo? Ou pela população urbana?  Justamente uma campanha que tem como finalidade; encorajar as pessoas a irem trabalhar, estudar ou se locomoverem de skateboard pela cidade, sem trazer poluição, barulho…ou seja: “Mobilidade Urbana, Modais, Educação, Conscientização no Trânsito e no Meio Ambiente, Mudanças Climáticas e as relações interpessoais, tudo através do edutenimento“, por Rafael Faro Responsável pelo Portal OH2C.

Porque será que a Globo não apoiou? Será que é o velho preconceito que skate é coisa de vagabundo? Que podem causar acidentes no trânsito? Atropelamento nas calçadas?

Ué! E de patinete, skate motorizado, as pessoas também não podem se acidentar. Imagina frear um skate ou patinete motorizado? Se um carro com freio ABS já trás tanta morte, imagina com um Skate Motorizado. Até acontecer uma m… Ai  a gente vai ter uma boa discursão e o termo skate vai junto!

Não estamos aqui contra o skate motorizado, estamos preocupados em estarem usando o termo “skate” neste veículo. Imagina ele sendo usado pelas pessoas no seu dia a dia e no que pode acontecer. Se for bom, ótimo! Mas se acontecer algum acidente, o termo skate vai junto e assim prejudicar a imagem do nosso querido skate! Que já não é boa!

Uma outra preocupação é como frear este veículo a 50km/h? No skate sabemos como parar! E mesmo assim, arrancamos alguns pedaços de pele! Agora, e nesta máquina, como será?

Pesquisamos no youtube e nada mostrou esta situação situação de frear bruscamente! Mas achamos este vídeo que mostra a aceleração e freagem do veículo.

Acho que isto não tem nada a ver com o nosso skateboarding! Por favor colaborem, o que fazer about that?

Lembrando aqui, que temos um momento histórico, onde eu pergunto para o Bob Burnquist, nosso Presidente da CBSk(Conf. Bras. de3 Skate) “Se existisse o skate voador, diante tantas modernidades, você andaria?” Veja a resposta aqui no Grito!

Bom! É isto ai máfiaaa! Participem, preciso de vocês par sair desta cilada! Isto é skate ou o que? Poderia ter outro nome?

Agora se você se interessou pelo veículo, aqui estão suas principais características!

Traduzimos para vocês, via Google, as respostas que o Fabricante Lacroix tem para as suas dúvidas,

  • Que tipo de controle remoto você usa?

No momento, usamos o NanoV2. Escolhemos porque estávamos procurando um controle remoto que tivesse a conexão mais sólida e que pudesse ser facilmente substituído sem ter que abrir a placa.

Não tem sinos e assobios, mas possui 2 modos, um modo “lento”, onde tudo é limitado a 70% (velocidade máxima, aceleração, frenagem) e o modo de potência total. O modo “lento” (ainda mais rápido que as outras placas de produção) é bom para iniciar e se acostumar com a placa.

  • O controle remoto precisa ser calibrado toda vez que for ligado. Como você faz isso?

Muito simples. Ligue o controle remoto, acelerador para o máximo e freio para o máximo. Lá está calibrado. Então você liga a placa, o controle remoto vai ligar e é isso. Você é bom para ir. Depois de alguns dias de prática, isso levará menos de dois segundos. Alguns pilotos aventureiros até dizem que isso pode ser feito em um segundo.

DICA PRO; o controle remoto ligará quase que instantaneamente se, durante o processo de encadernação onde a luz verde pisca no controle remoto, você passar o controle remoto perto da parte traseira direita da placa (em frente ao botão liga / desliga e à porta de carga). É aí que o transmissor remoto está localizado.

  • Com que frequência eu precisaria carregar o controle remoto?

O controle remoto deve ser carregado a cada passeio ou qualquer outro passeio. Tecnicamente, vários passeios podem ser feitos em uma carga do controle remoto, mas não recomendamos, pois quando a bateria no controle remoto morre, ele simplesmente pára de se comunicar com a placa (por exemplo, queda), não importa o quão rápido você esteja indo. Portanto, mantenha seu controle remoto sempre ligado e nunca espere que ele esteja perto de ter uma bateria descarregada antes de carregá-la.

  • Com que frequência preciso alterar o controle remoto?

Uma vez alterado, o seu novo controle remoto será ligado tão facilmente quanto o que veio com a sua placa – você não precisará fazer nada além de carregá-lo e ir embora. Com um novo controle remoto a cada 18 meses, você sempre terá a certeza de ter um controle remoto que tenha uma bateria nova que manterá uma conexão sólida com a placa.

  • Poderia meu Lacroix ser convertido para uma versão de uretano, se você quisesse?

Isso pode ser feito, mas exigirá algumas habilidades de bricolage. A placa foi projetada para rodas pneumáticas de 7 polegadas. Para o que é preciso para fazer uma construção de uretano, veja a construção DIY inspiradora do @ Sender aqui.

  • Como faço para verificar o nível da bateria da placa?

Através de um aplicativo no seu telefone.

Fazemos o primeiro invólucro de fibra de carbono flexível em uma placa de produção e, como tal, fazemos o trailblaze. E apesar de adorarmos fazer isso, sempre fazemos as coisas da maneira mais segura possível. Portanto, em nome da integridade do gabinete, optamos por fazer o menor número possível de furos no gabinete – isso significa que não há nenhum indicador de bateria na placa. No entanto, em todas as placas que enviamos, incluímos um módulo bluetooth que se comunica diretamente com o FOCBOX ™ e fornecerá muitas informações sobre o seu percurso, incluindo o nível de bateria restante na sua placa.

Se no iOS, recomendamos o aplicativo do @ twan (ele está em Beta, então você precisa fazer o download do TestFlight para que ele funcione). Se no Android, o aplicativo do @ ackmaniac.

  • Quanto a placa pode ser ajustada? Anulará a garantia se eu o fizer?

Infinitamente e sim.

Usamos o FOCBOX ™ da Enertion ™ (e logo o FOCBOX Unity ™), o que significa que eles são infinitamente ajustáveis. Dito isto, não recomendamos que você ajuste-os. Recomendamos experimentar a prancha por algumas semanas primeiro. Nossos clientes geralmente ficam muito satisfeitos com as opções de configuração padrão depois de se sentirem confortáveis ​​com a placa.

Além disso, a placa vem com um conjunto de reposição de 16 dentes polia (16T) para menos velocidade máxima e mais torque (cerca de 44kmh com 16T, 60kmh com 20T). Isto significa que existem 4 configurações mecânicas para tentar através do controle remoto e das polias antes de tentar alterar qualquer coisa no FOCBOX ™, o que você deve fazer somente se realmente souber o que está fazendo porque anula nossa garantia. Por quê? Porque 103% * dos reparos FOCBOX ™ vêm de erro do usuário durante a reprodução com as configurações.

* Número não oficial, mas temos quase certeza de que está acontecendo. Johnny disse isso.

  • Eu não quero ir muito rápido, sou mais um escultor. O LACROIX é bom para mim?

Sim. Na verdade, o inferno sim é mais preciso.

Você tem o poder se e quando precisar, mas não precisa usá-lo se não quiser. E o mais importante, a placa esculpe como nada mais.

Assim como um GT2 RS, você não dirige flat out o tempo todo (se alguma vez, a menos que você esteja no ‘Ring). O mesmo com o Lacroix. Alguns podem fazer uma corrida de velocidade em um lugar que eles conhecem muito bem usando equipamento de proteção de motocicleta e outros podem nunca fazer isso, mantendo suas velocidades mais baixas, esculpindo mais fundo e usando apenas um capacete de skate regular.

A placa foi projetada para fornecer adrenalina em ambas as situações.

  • As Skate Motorizado Lacroix são boas para iniciantes?

Na verdade não. Você aprendeu a dirigir em um 550bhp, V8 turbocharged, transmissão manual de 6 marchas de curto alcance usando uma cinta Leatt? Ou aprender a andar de snowboard enquanto heli-ski no Alasca?

Vamos colocar desta forma; se você nunca caiu de skate, nosso conselho não deve ser aquele em que você tem essa primeira experiência. A premissa em que a nossa empresa foi fundada é que o piloto é sempre o limite, porque o conselho sempre pode lhe dar mais. Nossas pranchas são máquinas muito poderosas e só devem ser montadas por pilotos experientes que conhecem seus próprios limites e, acima de tudo, os respeitam. Não fazê-lo pode levar a ferimentos graves ou morte. Nada menos.

Defendemos a equitação segura e esta é a razão pela qual, com a nossa atual oferta de modelos, não vendemos nossas pranchas a menores. Nem mesmo com a nota dos pais.

  • Quantas cobranças posso esperar das baterias nas placas do Skate Motorizado Lacroix ?

Com o DSS50 + (células Sanyo ™ NCR20700B), você pode esperar passar por 500 ciclos até que a bateria tenha 70% de seu desempenho original.

Com o DSS60 (células Samsung ™ 30Q – 18650), você pode esperar que a bateria passe por 200 a 300 ciclos antes que o desempenho caia para 70%.

  • As correias funcionam com os dois conjuntos de engrenagens ou você precisa de correias diferentes para as diferentes polias?

As mesmas correias podem ser usadas em ambas as polias. Você pode deslizar os motores de um lado para o outro em alguns milímetros para compensar o tamanho da polia.

  • Quais personalizações você oferece?

É muito difícil oferecer personalizações e dimensionar um negócio (a menos que você esteja no negócio de personalização ;-). Mesmo a menor demanda personalizada tem um efeito dominó sobre processos, produção, controle de qualidade. É por isso que não fazemos nada. Nossa missão é 1) fazer as placas da mais alta qualidade e 2) enviá-las rapidamente. Isso é simplesmente impossível de conseguir com personalizações. Um desses 2 elementos sofreria.

  • Preciso rodar pneus?

Não. Trate-os como consumíveis. Quando um estiver gasto, troque-o. Nós os vendemos basicamente a preço de custo para que você possa andar à vontade e não se preocupar com eles.

  • Há vibração nas rodas?

Geralmente não. Quando ocorrem vibrações, geralmente é em torno de 50 kmh e acima. Eles podem ser bastante reduzidos fazendo duas coisas;

  1. centrando perfeitamente a polia da roda traseira no cubo. Para ajudá-lo a conseguir isso, você pode baixar um arquivo de centralização aqui. Basta imprimi-lo em 3D e você estará pronto para ir.

  2. Aplique exatamente a mesma quantidade de torque mínimo em cada um dos 5 parafusos da roda.

  • Com que frequência você substitui seus pneus?

Sob pesado entalhe em 190 libras, a cada 500 km. Sob pesado entalhe em 170 libras, a cada 900 km.

  • Quão ajustáveis ​​são os caminhões?

Totalmente. Você tem 2 blocos por caminhão e cada bloco (atuando no lado do calcanhar e no lado do calcanhar) pode ser ajustado separadamente para atender tanto a máquina de velocidade em seu ombro esquerdo e o demônio de escultura em seu ombro direito.

  • Você tem uma política de devolução?

Não, infelizmente não podemos fazer devoluções no momento. Ainda somos muito pequenos e não podemos correr esse risco. Preferimos ter menos pedidos de clientes que tenham certeza de que querem nossos produtos do que mais pedidos de pessoas que só querem experimentá-los e ver. Todas as vendas são finais e são enviadas ex works YUL.

  • Que garantia você oferece nas placas?

Oferecemos uma garantia de 90 dias sobre erros de fabricação. Depois disso, um serviço gratuito de reparação de 60 dias de trabalho (transporte não incluído). Mas queremos que você monte, então, depois que esse período terminar, ficaremos felizes em tentar resolver com você qualquer problema que você possa encontrar para que você volte à sua prancha o mais rápido possível. Note, depois de milhares de quilômetros de equitação, além de trocar consumíveis de vez em quando (cintos e pneus), não encontramos nenhum problema sério que não pudesse ser resolvido rapidamente. A confiabilidade é muito importante para nós. Escolhemos peças confiáveis ​​e testadas para todos os componentes internos da placa por esse motivo preciso.

Se alguma vez algo acontecer, geralmente podemos simplesmente enviar uma nova peça via DHL ou FedEx e orientá-lo no processo de conexão dessa parte por meio de um Skype ao vivo. Todos os problemas são geralmente muito simples e rápidos de resolver.

  • As placas são à prova d’água?

Essa é uma palavra muito carregada que quase exigiria que o conselho trabalhasse debaixo d’água. Então não. Não é. Por mais que amemos submarinos, não somos Pablo Escobars e não podemos construí-los.

É à prova de respingos – tem um forro de espuma no perímetro do convés para proteger toda a eletrônica, caso você seja pego andando na chuva. Existem 2 pontos fracos no tabuleiro em um ambiente aquático. 1) o deck de madeira não é tratado por água. Assim, depois de algum tempo, se a água penetrar nos insertos de madeira, eles podem se soltar. 2) o controle remoto. Ele odeia a água e agirá estranhamente (e perigosamente se a água for pega nela). Se você for pego na chuva, passe com a mão no bolso.

Então evite água se você puder, mas se você for pego na chuva, não se preocupe muito com isso e coloque sua prancha de cabeça para baixo (em cima) e em um ângulo de 45 graus para deixar secar e deixar a água sair da melhor maneira como pode.

  • O Shape é boa fora de estrada?

Se você não se importa com um gabinete de fibra de carbono riscado e o seixo ocasional nas polias, então sim. Se foi projetado para asfalto, mas pode lidar com cascalho como um campeão de GD.

Detalhes

  • Você envia para o país “XYZ”?

Enquanto a DHL puder enviar para o seu país, as nossas pranchas chegarão até você,

This website uses cookies.

Read More