OI STU OPEN, QS, WC ? O que são? O que rolou? Ranking? Qual a Agenda?

Através da Plataforma Skate Total Urbe (STU) o skate brasileiro está bombando em 2019!

OI STU OPEN, QS(Qualifying Series) e WC(World Championship), são as várias competições que a plataforma de negócios STU vem produzindo no Brasil, qualificando os atletas que participarão das Olimpíadas de Tóquio 2020!

A plataforma teve início em 2017 e explodiu em 2018, com a consolidação do circuito brasileiro de skate e a formação da Seleção Brasileira de skate de 2019, que nos representará nas Olimpíadas de Tóquio em 2020. Um marco na história do skate brasileiro, pois nunca dantes tivemos uma estrutura deste nível, ainda mais com a chancela dos eventos da plataforma STU pela World Skate, entidade máxima do skate mundial. E premiação recorde de R$ 400.000,00. Vejam como foi este primeiro STU Open do Rio de Janeiro na Praça Duó em 2017 aqui no Grito!

Mas vamos começar pelo OI STU QUALIFYING SERIES (WS NATIONALS)

O Oi STU Series Qualificatórias Nacionais é o circuito brasileiro de skate, nas modalidades Street e Park, que através da parceria entre a Confederação Brasileira de Skate (CBSk) e a Plataforma STU, visa garantir um calendário positivo de competições no Brasil, qualificando skatistas brasileiros no ranking mundial de skate.

As etapas serão realizadas em diferentes estados do país e somam pontos para o ranking nacional, além de somar pontos para representar o Brasil nas Olimpíada de Tóquio de 2020. Ao final do circuito, serão consagrados os campeões brasileiros de Street e Park, masculino e feminino, e a seleção definitiva do skate nacional para 2020.

O STU QS STREET, Etapa Rio de Janeiro, na Praça Duó, em Março de 2018, deu início ao circuito.

Foi na primeira etapa do STU Qualifying Series 2018, que vimos a paulista Letícia Bufoni, tricampeã dos X-Games, mostrar todo o seu talento para ficar com o título entre as mulheres. Ao término das duas voltas, e cinco tentativas, Letícia somou 299.33 pontos, contra 288.00 da adversária Pamela Rosa. A medalha de bronze ficou com Gabriela Mazetto, com 260.33 pontos.

“Consegui o primeiro lugar e estou muito feliz por competir no Brasil. Muito mais feliz ainda por ter um circuito desses no meu país, era algo que precisávamos. Estou muito feliz também por ter acertado minhas manobras e pelo resultado. Quero continuar treinando e evoluindo para disputar todas as etapas do STU”, afirmou Letícia, atleta Oi.

No masculino, o jovem Lucas Rabelo, de 19 anos, mostrou que tem tudo para brilhar na modalidade ao vencer uma disputa equilibrada.

Já o Pentacampeão mundial não foi bem e acabou com a medalha de bronze, com 318.33. Lucas surpreendeu com manobras ousadas e levou o ouro no Oi STU QS Street ao somar 341.33 pontos. A prata ficou com Tiago Lemos, com 319.00.

A decisão de unir o calendário brasileiro com o STU tem como objetivo contribuir para a preparação dos atletas para a disputa de medalhas nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. O circuito conta com quatro etapas qualificatórias para o Street e quatro para o Park, em diferentes meses e estados. A última etapa englobará as duas modalidades e será realizada em novembro, no Rio de Janeiro, no Oi STU OPEN 2018, onde serão conhecidos os integrantes da Seleção Brasileira de Skate do próximo ano.

Feminina:
1– Letícia Bufoni: 299.33 pontos
2– Pamela Rosa: 288.00
3– Gabriela Mazetto: 260.33
4– Virginia Águas: 252.34
5– Rayssa Leal: 239.00
6– Ariadne Souza: 234.67
7– Vitória Mendonça: 228.67
8– Isabelly da Silva: 213.33

Masculino:
1– Lucas Rabelo: 341.33 pontos
2– Tiago Lemos: 319.00
3– Kelvin Hoefler: 318.33
4– Felipe Gustavo: 317.66
5– Alex Carolino: 296.34
6– Rogério Febem: 282.00
7– Paulo Galera: 209.00
8– Mike Dias: 118.67

[the_ad id=”41976″]

OI STU QS – ETAPA SANTA CATARINA // PARK  – Maio de 2018

Diante da SkatePark da Costeira, completamente lotada, levaram o público ao delírio! Yndiara levou 81.00, enquanto Pedro venceu com 87.00. Na disputa feminina, após uma primeira volta de altíssimo nível feita por Yndiara, Dora equilibrou a disputa com uma terceira volta quase perfeita. Mas no fim, melhor para Yndiara que levou 81.00 contra 80.00 de Dora. “Eu e a Dora somos amigas, a gente sempre quer que a outra acerte e os juízes decidem quem foi a melhor. Hoje fui eu, amanhã pode ser ela e isso só acrescenta para o alto nível do skate”, disse a campeã.

Já no masculino, mesmo sentindo uma lesão no pé esquerdo, Pedro Barros levou o público ao delírio ao acertar um 540 perfeito. A manobra rendeu uma nota 87.00 na segunda volta.“A energia que eu recebi aqui fez toda a diferença. O carinho e o cuidado da galera fazem a gente esquecer lesão e conseguir a melhor performance. Tive pouco tempo de treino, o que com certeza dificultou. Mas fazer parte de uma final dessa, com os caras que são meus amigos e na minha cidade, me ajudou muito”.

Feminina
1- Yndiara Asp – 81.00
2- Dora Varella – 80.00
3- Isadora Pacheco – 77.33
4- Camila Borges – 75.67
5- Emily Antunes – 70.00
6- Leticia Gonçalves – 69.00
7- Deise dos Reis – 68.00
8- Vitoria Bassi – 66.00

Masculino
1- Pedro Barros – 87.00
2- Vi kakinho – 82.67
3- Hericles Fagundes – 82.33
4- Murilo Peres – 79.67
5- Pedro Carvalho – 78.67
6- Micael dos Passos – 77.00
7- João Vitor (Bito) – 77.00
8- Luizinho Francisco – 70.67

Oi STU QS – Etapa São Paulo // Street – Agosto de 2018

Rolou no Parque Municipal Chácara do Jockey, em São Paulo, a segunda etapa do Oi STU Qualifying Series Street, com as disputas eliminatórias masculinas, que classificaram dezesseis atletas, que se juntam a oito pré-classificados para a disputa semifinal, já no feminino a eliminatória classificou oito mulheres para as finais.

Na disputa masculina 76 atletas entraram na pista em busca das dezesseis vagas para a semifinal. “Hoje disputamos as eliminatórias e confesso que não esperava tanto. Eu estava parado há um tempo, mas me motivei e quero ter a oportunidade de disputar os Jogos Olímpicos. É um nível muito alto, mas vou tentar encontrar meu espaço”, disse o atleta 12 vezes campeão brasileiro e bicampeão mundial, em 2002 e 2004.

Rodil Ferrugem e mais 15 atletas se juntam a Tiago Lemos, Felipe Gustavo, Alex Carolino, Rogério “Febem”, Paulo Galera, Mike Dias, Silas “Bisteca” e Lehi Leite, pré-classificados diretamente para a semifinal. Os 24 atletas disputam a semifinal, que classificará oito skatistas para a grande final. Já no feminino, destaque para Pâmela Rosa(90,67 pontos), natural de São José dos Campos, a skatista compete em casa e conta com a torcida da família no Oi STU Qualifying Series. “Está sendo uma experiência muito boa competir em São Paulo, minha família está aí e espero conseguir acertar manobras mais difíceis”, disse Pâmela.

Feminina
1- Pâmela Rosa – 90,67
2- Marina Gabriela – 84,00
3- Rayssa Leal – 82,00
4- Virginia Fortes Águas – 79,33
5- Vitória Mendonça – 76,67
6- Karen Feitosa – 72,33
7- Giovanna Dias – 69,67
8- Isabelle Menezes – 68,33

Masculino
1- Lucas Xaparral – 88,33
2- Denis Silva – 82,67
3- Diego Fontes – 82,00
4- Elton Melonio – 80,00
5- Renato Souza – 79,00
6- Luis Apelão – 78,67
7- Diego Oliveira – 78,33
8- Rodil Ferrugem – 78,33

Oi STU QS – Etapa São Paulo // Park – Agosto de 2018

No Vans SkatePark, completamente lotado, Leticia Gonçalves e Pedro Quintas levantaram a galera e conquistaram o título da segunda etapa Oi STU Qualifying Series modalidade Park. Na primeira final do dia, Letícia surpreendeu, acertou sua segunda volta e conquistou a primeira colocação com 73,00 pontos. “Acabei errando minha primeira volta, uma manobra que eu sempre acerto, então precisei me concentrar. Passou um filme na minha cabeça, quando comecei a andar mantive o foco. E deu certo. Eu estou feliz demais por ter vencido e só tenho a agradecer ao Oi STU pelo evento incrível”, disse a campeã.

Já no masculino, Pedro Quintas e Luizinho Francisco travaram uma disputa acirradíssima. Os dois fizeram uma terceira volta praticamente perfeita, mas Pedro levou o título com 93,67, enquanto Luizinho fez 93,00 pontos.“O campeonato foi demais, todo mundo quebrou muito, acabei conseguindo fazer a volta que eu queria e só tenho a agradecer. Estar no pódio ao lado desses dois monstros é incrível. Agora vamos para os próximos campeonatos”, disse Pedro que subiu no pódio com Luizinho e Murilo Peres.

Feminina
1- Leticia Gonçalves – 73,00
2- Yndiara Asp – 71,00
3- Isadora Pacheco – 70,33
4- Victoria Bassi – 68,00
5- Karen Jonz – 66,67
6- Camila Borges – 63,67
7- Emily Antunes – 60,33
8- Deise dos Reis – 57,00

Masculino
1- Pedro Quintas – 93,67
2- Luiz Francisco – 93,00
3- Murilo Peres – 88,33
4- Pedro Carvalho – 86,33
5- Vi Kakinho – 85,33
6- Luigi Cini – 84,00
7- Iago Magalhães – 82,00
8- Matheus Mello – 78,33

STU QS – Etapa Rio Grande do Sul // Street // Park – Setembro de 2018

A primeira final do dia foi a de Park feminino. Yndiara Asp obteve 90,00 contra 89,00 de Isadora Pacheco e conquistou seu segundo título no STU. “Esse campeonato foi difícil para mim, mas fiquei muito feliz por conseguir acertar e o resultado veio”, disse Yndiara.

No masculino o destaque foi Kelvin Hoefler, seis vezes campeão mundial, que acertou todas as manobras e venceu o STU pela primeira vez. Mas Micael dos Passos, de Estância Velha (RS), que levou a galera ao delírio com seu primeiro título, fez uma terceira volta perfeita e viu a arena vir abaixo. “Há muito tempo não tínhamos uma etapa deste nível aqui no Rio Grande do Sul, mas esta vibe, me deu um algo a mais e me ajudou a conquistar esse título”, disse Micael.

A favorita, Pâmela Rosa conquistou seu segundo troféu de STU, enquanto isso Karen Feitosa ficou com a segunda posição e Rayssa Leal, conquistou seu melhor resultado e subiu ao pódio na terceira colocação. “Classifiquei em primeiro ontem. Acabei errando uma volta, mas acertei a outra e fiz três boas manobras”, disse Pâmela Rosa, também campeã em São Paulo.

Park feminino
1- Yndiara Asp – 80,00
2- Isadora Pacheco – 79,00
3- Victoria Bassi – 76,33
4- Leticia Gonçalves – 72,00
5- Emily Antunes – 71,48
6- Deise Reis – 71,00
7- Camila Borges – 70,33
8- Mariana Menezes – 61,67

Park masculino
1- Micael dos Passos – 86,67
2- Pedro Quintas – 85,00
3- Hericles Fagundes – 84,90
4- Pedro Barros – 84,71
5- Felipe Foguinho – 83,67
6- Vi Kakinho – 82,00
7- Pedro  Carvalho – 76,00
8- Iago Magalhães – 64,33

Street feminino
1- Pâmela Rosa – 354,40
2- Karen Feitosa – 325,80
3- Rayssa Leal – 319,00
4- Isabelle Menezes – 317,60
5- Marina Gabriela – 292,00
6- Ariadne Souza – 281,80
7- Isabelly Ávila – 281,60
8- Giovana Dias – 267,00

Street masculino
1- Kelvin Hoefler – 391,91
2- Luiz Neto – 361,80
3- Paulo Galera – 344,20
4- Elton Melonio – 342,00
5- Danilo do Rosário – 340,40
6- Rodil Ferrugem – 338,20
7- Silas Bisteca – 301,60
8- Rodrigo Maisena – 246,60

Oi STU Qualifying Series (QS) – Etapa Santa Catarina // Park – fevereiro de 2019 – Feminino

“Eu estou sem palavras”. Foi assim que Isadora Pacheco reagiu ao acertar a segunda volta na grande final do Oi STU Qualifying Series de Santa Catarina, com 85 pontos pela primeira vez em uma competição. “Primeira etapa do ano, em casa, consegui encaixar uma boa linha, mas senti que faltava velocidade, aí mudei, troquei as manobras, dei uma improvisada e acabei acertando. É a primeira vez que faço 85 pontos, então foi demais”.

Vice-campeã, Dora Varella comemorou sua performance e dividiu a alegria por ver a amiga ganhar seu primeiro título no STU.“Consegui fazer tudo que tinha planejado. Estou muito feliz, a Isa andou muito, é o primeiro título de STU dela. Todo mundo se puxando, não tem ninguém superior. O pódio sempre vai variar, quem for melhor no dia é que vai ganhar. E isso é a melhor coisa do skate”. Yndiara Asp, que também competiu em casa, completou o pódio feminino.

Colocação:

1- Isadora Pacheco – 85.00
2- Dora Varella – 84.00
3- Yndiara Asp – 83.00
4- Emily Antunes – 75.67
5- Karen Jonz – 73.67
6- Camila Borges – 72.17
7- Victoria Bassi – 71.67
8- Leticia Gonçalves – 63.33

Oi STU Qualifying Series (QS) – Etapa Santa Catarina // Park – fevereiro de 2019 – Masculino

Murilo Peres conseguiu um 9.0 e faturou o título da competição. Além dele, que fez questão de disputar o evento com uma homenagem na camiseta às vítimas de Brumadinho, Vi Kakinho, que também se solidarizou, ficou com a segunda colocação e Augusto Akio completou o pódio. “Eu tenho que ser a pessoa que mais acredito em mim. Eu já passei por uma fase em que eu era o cara que menos acreditava em mim”, disse Murilo. A minha missão de vida é muito maior do que ganhar e perder, eu quero buscar um mundo melhor e quero espalhar isso com o meu skate. Porque o skate me ensinou a ser melhor. Então o skate tem muito a ensinar para todo mundo”, finalizou o campeão.

Pela primeira vez no pódio de uma etapa do Oi STU QS, Augusto Akio, vibrou por conquistar a terceira colocação na cidade onde começou a andar de skate. “Com a reforma, no início eu não gostei muito, foi difícil me adaptar, mas depois achei irado, precisei me superar, para poder chegar junto dos caras. Aqui foi onde eu comecei a andar de skate, então estou feliz demais”. Pedro Barros, hexacampeão mundial, ficou com a quarta colocação. Seguido por Hugo Montezuma, Pedro Quintas, Felipe Foguinho e Pedro Carvalho.

Masculino
1- Murilo Peres – 90.00
2- Vi Kakinho – 89.00
3- Augusto Akio – 87.00
4- Pedro Barros – 85.67
5- Hugo Montezuma – 83.67
6- Pedro Quintas – 82.00
7- Felipe Foguinho – 80.00
8- Pedro Carvalho – 78.67

Chamada para o Oi STU Qualifying Series com o Calendário do segundo semestre 2019

E veio o Oi STU Qualifying Series – Etapa Minas Gerais // Street – Julho de 2019

Rolou na pista do Parque das Mangabeiras  em Belo Horizonte. Rayssa Leal, 11 anos, e Virginia Fortes Águas, 13 anos, disputaram o título manobra a manobra. Se Virginia liderou boa parte da competição, mas Rayssa com uma nota 5.1 na quarta manobra, assegurou a primeira posição e Isabelly Ávila fechou o pódio feminino. “A disputa no final foi muito difícil com a Virginia, mas consegui ficar na minha, me concentrar, tirei o nervosismo e garanti a nota para conseguir ganhar”, disse Rayssa, que conquistou pela primeira vez um título do STU.

Gabryel Aguilar, de 19 anos, campeão paulista amador, disputou pela primeira vez um campeonato profissional e quebrou tudo nas manobras para levar o troféu. A diferença entre ele e João Lucas Alves, segundo colocado foi de apenas um décimo.“A energia estava demais, consegui fazer tudo o que eu queria e foi. Passei pela eliminatória, pela semifinal, disputei com os caras mais fortes que tem, então não tenho nem explicação. Agora quero competir em todas as etapas”, declarou Gabryel ainda sem acreditar no que fez na pista.

Feminino:
1- Rayssa Leal – 19.3
2- Virginia Fortes – 19.0
3- Isabelly Ávila – 16.7
4- Ariadne Souza – 16.7
5- Isabelle Menezes – 14.4
6- Giovana Dias – 12.7
7- Rafaela Murbach – 11.9
8- Karen Feitosa – 9.9

Masculino:
1- Gabryel Aguilar – 28.4
2- João Lucas Alves – 28.3
3-  Elton Melonio – 27.8
4- Marcelo Batista – 26.5
5- Patrik Mazzuchini – 24.3
6- Mike Dias – 23.0
7- Lucas Carvalho 19.2
8- Diego Santos –

Oi STU QS – Etapa Distrito Federal // Park – Julho de 2019

Com notas acima de 80 pontos, Yndiara Asp e Murilo Peres quebraram tudo durante as finais do Oi STU Qualifying Series. Yndiara Asp, optou por arriscar desde o início. A skatista natural de Florianópolis abriu os trabalhos com conexões perfeitas.“Entrei para o tudo ou nada e acertei. Eu sempre busco usar o máximo dos obstáculos e sempre que tem alguma coisa diferente, busco esse diferencial. Dessa vez foi a árvore e deu certo”, disse Yndi que é a melhor brasileira colocada no ranking mundial.

Já Murilo Peres traçou outra estratégia. O skatista decidiu ganhar confiança na primeira volta e na terceira garantiu o título da competição com a nota 86. “Eu cheguei na final e pensei que não tinha nada a perder. Decidi fazer uma primeira volta para ganhar confiança e depois fui com tudo. Se você treinou, numa final é para ir para cima e quebrar tudo”, analisou Murilo.

No feminino, Dora Varella e Victoria Bassi ficaram com a segunda e a terceira colocação, respectivamente, enquanto Augusto Akio, o Japinha, foi vice, e Pedrinho Carvalho completou o pódio no masculino.

Feminino:
1- Yndiara Asp – 80.00
2- Dora Varella – 77.67
3- Victoria Bassi – 77.0
4- Isadora Pacheco – 76.5
5- Emily Antunes – 76.23
6- Mariana Menezes – 64.83
7- Erica Leguizamon – 62.00
8- Pietra Dona – 35.00

Masculino:
1- Murilo Peres – 86.00
2- Augusto Akio – 83.00
3- Pedro Carvalho – 82.00
4- Hugo Montezuma – 81.00
5- Filipe Barbosa – 79.4
6- Vinicius Kothe – 78.67
7- João Victor Silva – 77.0
8-  Vinicius Barbosa – 74.0

Oi STU Qualifying Series – Etapa Bahia // Street – Agosto de 2019

A etapa da Bahia em Lauro de Freitas só foram decididas nas últimas notas. Rayssa Leal, Virginia Fortes e Marina Gabriela, João Lucas Xuxu, Gabryel Aguilar e Denis Silva travaram um duelo particular. Rayssa Leal levou mais um título, mas só conseguiu superar suas concorrentes na penúltima manobra quando executou um Backside Smith e ultrapassou Virginia Fortes que liderou boa parte da final. Campeã pela segunda vez, Rayssa, de 11 anos, venceu em “casa”, o Nordeste brasileiro.

Denis Silva acertou um Nollie heel flip nose slide nollie heel out. Mas a manobra não foi suficiente e o skatista terminou com a terceira colocação. Já Gabryel Aguilar, que venceu o último STU, em Minas Gerais, ficou com a segunda colocação. Com  um Cabalerial back lip top. Para garantir o título, João Lucas Xuxu, executou um Hard Flip fs board somando 32.3 pontos.

Feminina
1- Rayssa Leal – 19.9
2- Virginia Fortes – 17.5
3- Marina Gabriela – 16.9
4- Gabriela Mazetto – 16.3
5- Isabelle Menezes – 15.3
6- Isabelly Ávila – 14.8
7- Rafaela Murbach – 11.9
8- Ariadne Souza – 10.8

Masculino
1- João Lucas Xuxu – 32.3
2- Gabryel Aguilar – 30.7
3- Denis Silva – 30.3
4- Elton Melonio – 26.6
5- Kleber Fabiano – 25.0
6- Lucas Xaparral – 24.3
7- Rodil Ferrugem – 22.3
8- Rogério Febem – 21.9

Estamos no Final de agosto muita coisa ainda vai rolar!

O Oi STU Qualifying Series é idealizado e realizado pela Rio de Negócios em parceria com a Confederação Brasileira de Skate (CBSk) como o circuito brasileiro de skate profissional, que soma pontos para o ranking nacional das modalidades olímpicas Street e Park. É disputado de acordo com os padrões técnicos estabelecidos pela CBSk e World Skate, federação internacional da modalidade, já preparando e pontuando os atletas brasileiros no formato olímpico. Estamos antes dos eventos:

Oi STU QS – RS // PARK Sapiranga/RS 11/10 a 13/10

Oi STU QS – SP // STREET São Paulo/SP 25/10 a 27/10

Ranking do OI STU QUALIFYING SERIES STREET

Masculino
1-  GABRYEL AGUILAR    10000
2-  JOÃO LUCAS ALVES   8000
3-  ELTON MELONIO       6500
4-  MARCELO BATISTA    5800
5-  PATRIK MAZZUCHINI 5300
6-  MIKE DIAS                     4800
7-  LUCAS XAPARRAL      4300
8-  DIEGO OLIVEIRA SANTOS 3800
9-  PAULO GALERA         3400
10- ROGÉRIO FEBEM      3000
11- LUIZ NETO                   2600
12- MATHEUS SOUZA      2200
13- JOÃO VICTOR ALVES 1800
14- YGOR PICOLINO         1500
15- ALEX CAROLINO         1200
16- DOUGLAS MOLOCOPE       900
17- LEHI LEITE       700
18- RODIL JR FERRUGEM      500
19- DANILO DO ROSÁRIO      300
20- KLEBER FABIANO       100

FEMININO
1-  RAYSSA LEAL          10000
2-  VIRGINIA FORTES      8000
3-  ISABELLY ÁVILA       6500
4-  ARIADNE SOUZA        5800
5-  ISABELLE MENEZES   5300
6-  GIOVANA DIAS         4800
7-  RAFAELA MURBACH  4300
8-  KAREN FEITOSA          3800
9-  LORENA SOUZA           3400
10- DÉBORA BADEL          3000
11- LAURA REZENDE        2600
12- GIULIA SCORZA          2200
13- GEORGIA FUZER        1800
14- JANAINA MORAIS      1500
15- THAIS BRAGA          1200
16- GRAZIELE RECCHIA    900
17- ALINE COLLOMB         700

Ranking do OI STU QUALIFYING SERIES PARK ATÉ AGOSTO

Masculino
1- MURILO PERES         20000
2- AUGUSTO AKIO         14500
3- VINICIUS KAKINHO    11800
4- HUGO MONTEZUMA 11100
5- PEDRO CARVALHO     10300
6- FELIPE FOGUINHO     7300
7- JOÃO VITOR BITTO    6500
8- MICAEL DOS PASSOS 6400
9- PEDRO BARROS         5800
10- VINICIUS KOTHE       4900
11- PEDRO QUINTAS       4800
12- LUIZ FRANCISCO        3400
13- MATEUS MELLO        3300
14- MATEUS GUERREIRO     2700
15- HERICLES FAGUNDES     2500
16- HENRIQUE RYUJI       1900
17- NILO PEÇANHA          1800
18- VICTOR IKEDA         1700
19- ITALO PENARRUBIA  1500
20- MATEUS HIROSHI      1500

Feminino
1-  YNDIARA ASP             16500
2-  DORA VARELLA          16500
3-  ISADORA PACHECO    15800
4-  EMILY ANTUNES        11100
5-  VITORIA BASSI                        10800
6-  JULIA VENTURA         6800
7-  MARI MENEZES         6600
8-  LETICIA GONÇALVES  6000
9-  KAREN JONZ              5300
10-DEISE REIS                 5200
11- ANA CALTABIANO     5200
12- ISABELLE CURY          4800
13- CAMILA BORGES       4800
14- ÉRICA LEGUIZAMON 4800
15- PIETRA DONA            3800
16- ANA JULIA                   3000
17- LARA VARGAS           1600
18- BIA SODRÉ                  1200
19- VITÓRIA GILIOT         1200
20- THAIS GAZARRA        900

OI STU OPEN (WS 5 STARS)

Janeiro Foto: Tauana Sofia

O Oi STU OPEN​ é a maior competição de skate da América Latina. Os principais skatistas brasileiros recebem os maiores nomes do planeta em uma disputa de altíssimo nível técnico que, neste ano, alcança o nível “5 estrelas” da World Skate, pontuando para a corrida olímpica.

Oi STU OPEN RIO Yndiara Asp, Pedro Barros conquistam o primeiro lugar no Park!

A final feminina do Park Yndiara Asp garantiu a já esperada vaga na seleção. Isadora Pacheco ficou o segundo lugar e Dora Varella em terceiro. “As meninas arrasaram muito. Estou muito feliz de estar dentro da Seleção”, afirmou Yndiara Asp.

No masculino Park, Pedro Barros venceu. “O skate tem uma história de muitos anos, é um estilo de vida, e a Olimpíada é algo novo. O lifestyle tem que sempre ser valorizado, por que é uma forma de se expressar”, disse Pedro. Pedro Quintas em segundo. O terceiro com Luizinho Francisco.

Oi STU OPEN RIO Leticia Bufoni E Kelvin Hoefler conquistam o primeiro lugar no Street!

Já no Street, Letícia Bufoni ficou no topo do pódio da competição feminina,“A competição foi animal. Amei andar no Rio, só mostra a energia do skate”, declarou Bufoni. Pâmela Rosa e Rayssa Leal levaram o segundo e terceiro lugar.

E no Street masculino, Kelvin Hoefler venceu com 359.37 pontos. Felipe Gustavo em segundo e Micky Papa em terceiro. No final do dia, a Confederação Brasileira de Skate anunciou os três atletas de cada modalidade que garantiram vaga na seleção brasileira de 2019!

Ranking e a Seleção Brasileira já confirmada

Seleção Park Feminino:

1- Yndiara Asp

2- Isadora Pacheco

3- Leticia Gonçalves

Seleção Park Masculino:

1- Pedro Barros

2- Pedro Quintas

3- Luiz Francisco

Seleção Street Feminino:

1- Pamela Rosa

2- Rayssa Leal

3- Virginia Fortes

Seleção Street Masculino:

1- Kelvin Hoefler

2- Felipe Gustavo

3- Tiago Lemos

Vem ai o World Skate Park Skateboarding World Championship

Em parceria com a World Skate com apoio do Governo do Estado de São Paulo e apresentado pela Oi, a Confederação Brasileira de Skate (CBSk) e a plataforma Skate Total Urbe (STU) trazem pela primeira vez ao Brasil o World Skate Park Skateboarding World Championship, campeonato mundial de skate na modalidade Park.

O evento acontecerá na cidade de São Paulo n Parque Estadual Cândido Portinari, de 10 a 15 de setembro de 2019. Irá reunir 200 atletas da elite do skate internacional, nas categorias feminino e masculino. O evento será gratuito para o público e contará com uma programação completa de cultura urbana, incluindo música, arte, moda e gastronomia com a essência do STU, atraindo os olhares de todo o planeta para a capital paulista.

Fonte: STU- SKATE TOTAL URBE

This website uses cookies.

Read More